sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Que venha 2011 !!!!!!!!!!!!!!

Eu creio que 2011 será um ano cheio de novidades boas, de mudanças positivas e renascimento. Quero deixar o ano de 2010, recordar as coisas boas e apagar as ruins e como já virei a página de algumas situações, resolvi contar uma nova história então 2011 esta inicando com uma página em branco e ainda  tenho certeza que será muito legal essa nova história, pessoas novas irão chegar e outras já chegaram e eu nem imaginava que  ficariam na minha vida como grandes pessoas.



F E L I Z  2011

Dica de livro para mamães e papais

Neste ano que passou (2010) se eu fizer um balanço, fui mais mãe do que profissional, pois trabalhei até maio e o restante do ano fiquei como a mamãe do Yuri. Confesso que não foi facil, e tem uma amiga que adora quando eu falo a verdade e não fantasio a situação. Imagina que a minha vida derrepente mudou, sempre trabalhei fora, quando o Yuri nasceu eu me organizei para ser profissional e mãe e muitas vezes não sabia o que fazer com o meu pouco tempo. Mais tudo bem, Deus mudou a minha história e fez eu ter essa experiencia de mãe, que acorda com o filhotinho na cama dando milhares de beijos e dizendo que era muito bom ter a mamãe em casa, a mãe que foi na escola todos os dias, preparando o almoço, dando todos os banhos, brincando de carrinho, mais tambem teve momentos muitos dificies,  pirraças, birras, dias em que eu quis sair correndo de casa e quem é mãe sabe como é, tem dias que as crianças acabam com os nossos nervos e o meu não é diferente.
Tenho a preocupação que mãe eu estou sendo, o que posso melhorar, pois imagina Deus me deu uma grande missão, todas as vezes que olho para o Yuri não vejo somente um menino de 3 anos, mais estou criando um homem, que será profissional, amigo, marido e um pai exemplar, eu sei que parece loucura mas é assim, não tem jeito.  E tenho procurado aprender com a experiencia de outras mães, algumas dicas da super Nany e acabei me deparando com esse livro "As crianças aprendem o que vivenciam" ainda não terminei, mas posso dizer que é muito legal, uma leitura fácil e gostosa. A autora do livro se baseou no poema abaixo e acabou escrevendo o livro, dando uma lida no poema você acaba tendo uma noção de como ele é (o livro).

As crianças aprendem o que vivenciam

Se as crianças vivem ouvindo criticas, aprendem a condenar.
Se convivem com a hostilidade, aprendem a brigar.
Se as crianças vivem com medo, aprendem a ser medrosas.
Se as crianças convivem com a pena, aprendem a ter pena de si mesmas.
Se vivem sendo ridicularizadas, aprendem a ser tímidas.
Se convivem com a inveja, aprendem a invejar.
Se vivem com vergonha, aprendem a sentir culpa.
Se vivem sendo incentivadas, aprendem a ter conficança em si mesmas.
Se as crianças vivenciam a tolerância, aprendem a ser pacientes.
Se vivenciam os elogios, aprendem a apreciar.
Se vivenciam a aceitação, aprendem a amar.
Se vivenciam a aprovação, aprendem a gostar de si mesmas.
Se vivenciam o reconhecimento, aprendem que é bom ter um objetivo.
Se as crianças vivem partilhando, aprendem o que é generosidade.
Se convivem com a sinceridade, aprendem a veracidade.
Se convivem com a equidade, aprendem o que é justiça.
Se convivem com a bondade e a consideração, aprendem o que é respeito.
Se as crianças vivem com a segurança, aprendem a ter confiança em si mesmas e naquelas que as cercam.
Se as crianças convivem com a afabilidade e a amizade, aprendem que o mundo é um bom lugar para se viver.

                                                                                          - Dorathy Law Nolte

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal !!!!!!!!!!!!!

Um dia eu conheci bem de perto o aniversariante desse dia Jesus Cristo, que nasceu de uma maneira simples diferente de muitas crianças e Ele era diferente mesmo pois já nasceu com uma grande missão e sabia que não teria como desistir. Deus com um amor tão grande por nós deu seu unico filho Jesus.

Mateus 1: 23
"A virgem ficará grávida e terá um filho que receberá o nome de Emanuel."
(Emanuel quer dizer "Deus esta conosco")

Eu não sei quanto a você mas eu já tive várias experiencias de Deus comigo, me pedindo, me dizendo que tudo vai passar e que é so confiar Nele que dará um jeito. Nesses momentos eu senti uma sensação tão boa, uma segurança. Dentre algumas já vividas eu tenho uma especial, quando eu fiquei doente, não sabiamos mais se eu poderia engravidar, dentre vários fatores, e várias pessoas me diziam que eu poderia adotar, algo que acho incrivel e sempre digo que o amor tem que ser em dobro, mas fiz um pedido especial para Deus, eu queria ter um bebê na minha barriga, queria sentir os chutes e tudo que uma grávida poderia sentir, e não contei para ninguem o meu pedido, fiquei em silêncio como Deus sempre pede que eu fique quando Ele quer me presentear. Passou um tempo e um dia um pastor que não me conhecia viu uma foto minha em um lugar e pedia para certa pessoa que precisava me dar um recado de Deus e a pessoa me ligou e pediu se poderia ir a minha casa, naquela epoca estava me recuperando de uma quimio em casa. O Pastor chegou na minha casa e eu já estava um pouco melhor e consegui abrir a porta e ele entrou e disse direto que tinha um recado de Deus para mim, que Deus mandava dizer que da minha barriga nasceria um menino, o que fazer nessa hora se não chorar de alegria e confiar no tempo que Ele iria realizar, e o tempo foi exatamente 3 anos depois daquele recado.

O que foi mais importante nessa situação foi eu crer no que me falaram e esperar, esperar e esperar.


E como disse em post anteriores meu aniversário e em outubro, descobri e a doença em outubro e ganhei de presente de aniversário o Yuri que nasceu em outubro.

Então o aniversariante do dia 25 de dezembro, adora receber como presente as nossas vidas para Ele cuidar. Quando você pede a Ele para direcionar a sua vida, Ele fica feliz demais e faz o melhor por você.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

A Importancia dos Cabelos



Eu sempre gostei de cuidar dos meus cabelos, quando pequena eles eram dourados com grandes cachos, fui crescendo e adorava passar cremes e meu pai dizia que eu passava tantas coisas que um dia ainda ficaria sem os cabelos, ele não imaginava o que viria pela frente. Então a situação de quando eu fiquei doente, o cabelo foi uma coisa que pegou muito, e o médico logo que me disse que os meus cabelos iriam cair. Olha confesso que de tudo foi a pior parte, na primeira quimio nada aconteceu, fiquei feliz, mais quando fiz a segunda que neste mês completa sete anos, passei as ultimas semanas de dezembro daquele ano sem poder passar as mãos no cabelo e eu que tenho uma mania de o tempo todo ficar com as mãos no cabelo, mas os meus fios caiam mechas muito grandes e foi assustador na epoca, pela casa ficava muito cabelo, eu que encaro tudo muito bem na minha vida comecei a sentir que os cabelos iriam me atrapalhar a passar por essa etapa, e que era preciso enfrentar aquila situação. Primeiro dia util de janeiro daquele ano, fui para o Rio trabalhar, no ônibus que eu viajava, o pessoal sempre acaba dormindo, mas antes de chegar ao centro do Rio eu acordei, e o encosto da poltrona tinha muitos fios, juntei tudo ninguém percebeu e coloquei na minha bolsa. Quando cheguei ao trabalho logo encontrei a Marina, colega de trabalho da LG na epoca, uma pessoa inesquecivel na minha vida que me acompanhou durante o periodo da doença, mostrei a ela quanto cabelo tinha perdido na viagem e comecei a trabalhar e logo chegou o meu supervisor Luiz Fernando uma pessoa tambem com um grande coração e muito "familia" que apesar do jeitão sério é um ser humano especial, naquela manhã resolvi que iria solucionar o problema dos meus cabelos, fui para Juiz de Fora onde os pais do Dionisio moram, lá tem um salão que a dona faz perucas de cabelos humanos e o preço era bem mais barato do que no Rio. E foi isso que foi feito, dificil, muito dificil isso, fui chorando ate lá, em silêncio sentia as lágrimas escorrerem pelo o meu rosto, mais era preciso. Cheguei lá e os pais do Dionisio resolveram nos acompanhar, e logo de cara ela tinha um cabelo que estava muito parecido com o meu da epoca, com luzes e tudo e resolvi que seria aquele mesmo. E fui passar a maquina zero, a cena igual a da novela que a Carolina Dickeman fez, a unica diferença que o meu fundo musical era minha sogra chorando disfarçado mais eu percebi. Quando terminou a dona do salão enrolou uma toalha, pois precisava passar pelo salão todo cheio de espelhos para ir ao lavatório, mais eu tirei a toalha, claro que eu queria ver como tinha ficado, elas achavam que eu iria me desesperar, mais fazer o que não tinha outro jeito, eu pensei estou viva preciso fazer um tratamento que é muito pesado, não será o cabelo que irá me atrapalhar, pois uma coisa que eu rejeito da minha vida é a depressão, então quando sinto que algo pode me atrapalhar elimino da minha vida. Quando eu cheguei em casa, foi um problema, eu não conseguia pegar no cabelo, mais como eu trabalhei o durante o tratamento todo precisava deste cabelo, lenço não era legal, eu a chamava de amiga, pois foi aquela peruca que me ajudou. O cabelo foi crescendo mais quando entrei no processo de radioterapia, caiu um pedaço de traz do meu cabelo, então adiei a retirada da peruca e fui de férias para Porto Seguro com a peruca, ai foi engraçado, quem já foi para lá sabe que o tal do terêrê é o que mais fazem por lá e quando cheguei não é que queriam fazer terêrê em mim, eu e o Dionisio diziamos que era peruca mais elas não acreditavam e eu simplesmente levantava a peruca e coitado do pessoal, ficavam espantados e tem outra coisa lá que eles tentam vender muito è um acessório que faz massagem na cabeça, mais lá o cara enfia na sua cabeça quando você esta caminhando e então é aquele susto e eu falava para eles que se colocasse eu iria ficar sem cabelo, passou um tempo e no mês do meu aniversário lá estava eu com os cabelos bem curtinhos mais eram meus, uma coisa eu aprendi, não reclamar do cabelo, quando acordo e ele não está bom, jamais reclamo. Então vocês devem estar se perguntando por que contei isso agora, essa semana a revista veja de São Paulo tem na capa uma foto da Hebe careca, confesso que não tenho nenhuma foto assim, não tive coragem na epoca, mais quando vi esta foto da Hebe pensei que poderia ter tirado uma tambem, algumas pessoas precisam ver para crer, hoje muitos me conhecem com cabelo e não imaginam o que eu passei.



Então é o seguinte. - Se você agora está passando o que eu passei, fique calmo ! Que tudo vai dar certo, e com certeza você não irá dar importancia a outras coisas pequenas, a sua vida irá seguir, mas você vai se tornar uma pessoa diferente, valorizando o que tem que ser valorizado.


Meus colegas de trabalho do ano 2003 e 2004 foram pessoas legais de se conviver, que saudade daquela epoca, que força que me deram. Depois disso recebi muitas propostas de clientes para trabalhar, mais eu sou boba como alguns dizem, pensava que não seria o dinheiro que iria me tirar dali, pois o periodo mais dificil eu estava lá com essas pessoas me apoiando, como ia sair agora. Sabe de uma coisa não me arrependo disso, Essa é a Aline. Minha saida da empresa se deu por várias mudanças, aquelas pessoas que tanto me apoiaram já não estavam mais lá, foram sendo substituidas por pessoas sem profissionalismo que gostavam de trabalhar da maneira errada, contrariando as normas estabelicidas pela direção da empresa. Mas entendo que toda organização quando cresce, perde sua essência, lá o trabalho já não era mais o mesmo e foi ótimo esta mudança, pois na verdade estou de férias e logo logo voltarei ao mercado de trabalho fazendo o que gosto.






Salmos 30:5 segunda parte


O choro pode durar uma noite inteira, mais de manhã vem a alegria.






Como Deus é bom em nossas vidas, cuida nos mininos detalhes eu sinto isso em cada momento na minha vida.






A foto da corajosa Hebe






AMIGOS

Eu sou o tipo de pessoa que adoro gente, gosto de conhecer gente de estar com gente, e com isso trabalhei muitos anos na area de Recursos Humanos,  e engraçado que ate hoje eu passo pelas ruas da minha cidade e de vez em quando ouço me chamarem só para dizerem um oi. Eu comecei a trabalhar com 16 anos em um supermercado onde o meu pai já trabalhava a alguns anos, na epoca que comecei tinha cerca de 360 funcionários e eu gravei o nome de todos. Foi uma grande experiência que eu vivi durante os 4 anos que trabalhei nesta filial, porém um dia fui convidada para trabalhar na matriz, na verdade para aprender a fazer a folha de pagamento, e era justamente com o Dionisio que eu ja havia por alguns meses namorado, tá bom eu fui e olha no que deu... Já estamos juntos a 18 anos, entre 5 de namoro e 13 de casados. E por gostar de gente, sou bem sociável, caracteristica que o Yuri tambem tem, é muito legal ver o Yuri interagindo com as outras crianças, onde chegamos se ele vê alguma criança já vai se aproximando para fazer amizade, para brincar, e eu, acredito que isso ele irá levar para a sua vida inteira. Quando entrei para a faculdade por mais que o professor falasse que era importante ter uma rede social, pois ajudava no mercado de trabalho, eu já sabia disso pois sempre tive esse tipo de experiência. O meu segundo emprego foi um amigo que me indicou e eu virei amiga da minha gerente da época, uma das poucas pessoas nessa empresa com que aprendi muito. Passou uns meses e ela indicou o Dionisio para trabalhar com o marido dela, engraçado mais não tem jeito e o QI que importa hoje, então se você não sabe se relacionar vai bater cabeça por ai procurando uma oportunidade.
O Yuri como contei em post anteriores, teve uma adaptação muito dificil na escola, mas depois que se adaptou ninguem mais segurou. E ele se identificou muito com o Isaac Silva, engraçado que quando eu e o Dionisio tivemos a primeira reunião da escola, erá tudo novo, eu cheia de problema com a saúde da minha mãe, tendo que trabalhar , mil coisas na cabeça, e no dia acabei sentando perto dos pais dele, e no final da reunião o pai do Isaac falou para o Dionisio, que eles precisavam ser amigos agora, por causa das crianças e foi o que acabou acontecendo, as crianças viraram grandes amigos. A ultima avaliação do Yuri na escola veio justamente isso a identificação do Yuri com o Isaac. mas no ano que vem eles não estarão mais juntos, pois o pai do Isaac é pastor e irá para Manaus, ficamos felizes por eles, mas com coração apertado por causa das crianças. Desde que eu fiquei gravida sempre orei a Deus para ele mandar muitos amigos para o meu filho e com certeza o Isaac é um deles, o que ajudou o Yuri na tão dificil adaptação da escola e com certeza irão chegar outros onde o Yuri irá ajudar e ser ajudado.
O historia do Isaac e muito parecida com o Yuri ele veio como um grande presente para os pais, sendo um milagre enviado por Deus, assim como o Yuri chegou para nós. Deus preparou o ano de 2010 para esse encontro e eu agradeço muito a Ele.

Proverbios 18:24
Algumas amizades não duram nada, mas um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão.






segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Projeto Meus Animais da Fazenda - Maternal IMEP

Sexta feira dia 03 de dezembro foi o final com apresentação do Projeto "Amigos da Fazenda" turma do maternal . a apresentação foi legal, com o Yuri bem a vontade para falar de seu animal, um cavalo.

Algumas fotos:



                                                      Yuri
                                                    Isaac
´

Papais, mamães e vovós para assistirem os pequenos

Passeio de Natal Juiz de Fora - MG

Final de semana passado, decidimos em cima da hora ir para Juiz de Fora, uma opção boa para quem não quer enfrentar o transito e o movimento dos shopping centers do Rio, com a opção de poder voltar mais tarde, pois a BR 040 é boa mesmo a noite, no final do dia caiu maior temporal quando já estavamos no Carrefour,e a opção mais viável era de passar a noite na casa de meus pais, mesmo que não tivessemos preparados, mas nada que a compra de algumas escovas de dentes e pijamas não resolvessem.




Na estrada:





Postado por Dionisio

terça-feira, 30 de novembro de 2010

O Palácio Quitandinha é um palácio brasileiro. Está Localizado em Petrópolis



Um domingo destes, eu e Yuri aguardamos Aline fazer uma prova, aproveitamos para dar uma volta no hotel quitandinha, que agora é de propriedade do Sesc - RJ, esta construção histórica, localizada na entrada da cidade, desponta como um dos pontos que merecem ser visitados, nós brasileiros não damos valor ao que temos, muitas vezes preferimos viajar para fora do pais e conhecer museus que contam a historia daquela região, daquele pais que estamos visitando, devemos sim desbravar estes lugares para aumentar nossa cultura, mas antes de tudo devemos conhecer nossa cultura e nossa história, nossa gente.


Construído em 1944 por Joaquim Rolla, para ser o maior cassino hotel da América Latina, foi construído em estilo rococó hollywoodiano (internamente) e normando-francês (externamente), este último bastante presente na arquitetura de Petrópolis devido à colonização alemã.

Interior do Quitandinha.Possui 50 mil metros quadrados e seis andares, divididos em 440 apartamentos e 13 grandes salões com até 10 metros de altura. A cúpula do Salão Mauá é a segunda maior cúpula do mundo possuindo 30m de altura e 50m de diâmetro.
Em sua construção foi usada uma grande quantidade de areia da praia do Submundo. O lago em toda a extensão de sua imponente fachada possui o formato do mapa do Brasil e foi construído como único suporte viável no caso de um inesperado incêndio.
Passaram por seus salões estrelas do porte de Errol Flynn, Orson Welles, Lana Turner, Henry Fonda, Maurice Chevalier, Greta Garbo, Carmen Miranda,Walt Disney, Bing Crosby e até um rei destronado (Carol II da Romênia). E políticos como Getúlio Vargas e Evita Perón, quando da Conferência Interamericana de 1946. Nas suas dependências ocorreu a assinatura da declaração de guerra dos países americanos ao Potências do Eixo, durante a Segunda Guerra Mundial. Realizou-se também, em 1957, a 16ª Conferência Mundial de Bandeirantes, que contou com representantes de 23 países Associados à WAGGGS (Word Association of Girl Guides and Girl Scouts).
Em 30 de maio de 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra decretou a proibição do jogo no Brasil e o Quitandinha não conseguiu sobreviver apenas como hotel por muito tempo.
Seus apartamentos foram vendidos por Joaquim Rolla a partir de 1963, fazendo ali um dos maiores clubes do mundo, que lucrou muito com o aumento da economia brasileira nos anos 70 , embora não tenha conseguido se manter por vender muitos títulos de sócios remido(sócios fixos sem pagar mensalidade) e assim perdeu o lucro que ganhava mensalmente.
Outro fato que agravou o clube foi o surgimento da inflação no Brasil e do aumento dos turistas no litoral fluminense (Cabo Frio, Búzios), o que diminuiu ainda mais o número de sócios pagantes.
Com os fatos citados o clube não se manteve, pelo alto custo do então clube mais caro da América Latina(quase 100% frequentado por cariocas).
A parte social é utilizada para congressos, eventos, shows, feiras e outras opções de lazer. O Palácio tem o maior teatro e patinação no gelo(em reforma) da América Latina. Há um restaurante diariamente aberto ao público.
Restaurante.O boliche do condomínio tercerizado pelo SESC está em reforma assim como toda a parte de entretenimento.
O Palacio Quintandinha ainda é conhecido como o maior e mais legítimo palácio do Brasil e um dos maiores da América Latina.

Postado por Dionisio

O que é um menino ?





O que é um menino ?


Alan Beck



Entre a inocência da infância e a compostura da maturidade há uma deliciosa criatura chamada menino. Embora se apresentem em tamanhos, pesos e cores sortidos, todos os meninos tem o mesmo credo: aproveitar cada segundo de cada minuto de todas as horas de todos os dias e protestar ruidosamente – o barulho é sua única arma – quando seu último minuto é decretado e os adultos o empacotam e metem na cama.

Meninos são encontrados em todas as partes: em cima de, embaixo de, subindo em, balançando-se no, correndo em volta de, pulando para. As mães os adoram, as meninas os odeiam, irmãos e irmãs mais velhos os suportam, adultos os ignoram, o céu os protege. Um menino é a Verdade com o rosto sujo, a Beleza com um corte no dedo, a Sabedoria com um chiclete no cabelo, a Esperança do futuro com uma rã no bolso.

Quando você está ocupado, um menino é um conversa-fiada, intrometido e amolante. Quando você deseja que ele cause boa impressão, seu cérebro vira geléia, ou ele se transforma em uma criatura sádica e selvagem empenhada em desmontar o mundo ao seu redor.

Um menino é um híbrido : o apetite de um cavalo, a disposição de um engole-espadas, a energia de uma bomba atômica de bolso, a curiosidade de um gato, os pulmões de um ditador, a imaginação de um Júlio Verne, o retraimento de uma violeta, o entusiasmo de um bombeiro e quando se mete a fazer alguma coisa é como se tivesse cinco polegares em cada mão.

Gosta de sorvete, canivetes, serrotes, pedaços de pau, água (no seu habitat natural), bichos grandes, Papai, sábados, domingos e feriados, mangueiras de água. Não é partidário de catecismo, escolas, livros sem figuras, lições de música, colarinhos, barbeiros, meninas, agasalhos, adultos e ” hora de dormir”. Ninguém se levanta tão cedo, nem chega tão tarde para o jantar. Ninguém se diverte tanto com árvores, cachorros e mosquitos. Ninguém é capaz de meter num único bolso um canivete enferrujado, uma maçã comida pela metade, um metro e meio de barbante, um saco de matéria plástica, duas pastilhas de chiclete, três notas de um Real, um estilingue e um fragmento de “substância ignorada”.

Um menino é uma criatura mágica: você pode mantê-lo fora de seu escritório, mas não pode expulsá-lo de seu coração. Pode pô-lo para fora da sala de visitas mas não pode tirá-lo de sua mente. Queira ou não, ele é o seu captor, seu carcereiro, seu dono, seu patrão, uma cara sarapintado, um nanico, um mata-gatos, um pacote de encrencas. Mas quando à noite você chega em casa, com suas esperanças e seus sonhos reduzidos a pedaços, ele possui a magia de soldá-los em um segundo, pronunciando duas palavras somente: “Oi, papai”…
 
Enviado por Email - Eveline


Publicado por Dionisio papai do Yuri

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

VIVER OU JUNTAR DINHEIRO ?

Por Max Gehringer

Há determinadas mensagens que, de tão interessante, não precisam nem sequer de comentários. Como esta que recebi recentemente.


Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse

simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais.

E assim por diante.

Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado as caipirinhas que tomei, não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei.

Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.

Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária. É claro que não tenho este dinheiro.

Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?

Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade.

Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer. E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida.

"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO"

Que tal um cafezinho?

Post By Dionisio

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Tempo para tudo

Alguns anos atrás ouvi uma pregação sobre Eclesiastes 3

  1. Tudo neste mundo tem o seu tempo; cada coisa tem a sua ocasião.
  2. Há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar;
  3. tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de construir.
  4. Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar; tempo de chorar e tempo de dançar;
  5. Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las; tempo de abraçar e tempo de afastar.
  6. Há tempo de procurar e tempo de perder; tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
  7. Tempo de rasgar e tempo de remendar, tempo de ficar calado e tempo de falar.
  8. Há tempo de amar e tempo de odiar; tempode guerra e tempo de paz.
  9. O que é que a pessoa ganha com todo o seu trabalho?
  10. Eu tenho visto todo o trabalho que Deus dá às pessoas para que fiquem ocupadas.
  11. Deus marcou o tempo certo para cada coisa. Ele nos deu o desejo de entender as coisas que já aconteceram e as coisas que ainda vão acontecer, porem não nos deixe compreender completamente o que ele faz.
  12. Então entendi que nesta vida tudo que a pessoa pode fazer é procurar ser feliz e viver o melhor o que puder.
  13. Todos nós devemos comer e beber e aproveitar bem aquilo que ganhamos com o nosso trabalho. Isso é um presente de Deus.
  14. Eu sei que tudo o que Deus faz dura para sempre; não podemos acrescentar nada, nem tirar nada. E uma coisa que Deus faz é levar as pessoas a temê-lo.
  15. Tudo o que acontece ou que pode acontecer já aconteceu antes. Deus faz com que uma coisa que acontece torne a acontecer.
Depois de ler o texto acima o pregador fez um resumo de como seria a divisão do tempo em nossas vidas, fiquei impactada com isso.

Divisão do tempo para as nossas vidas:

1º Deus
2º Eu
3º esposa ou esposo
4º familia
5º trabalho
6º igreja
7º amigos

E para cada um ele dividiu um tempo diário, mensal e anual, e ele foi dando dicas de cada coisa como fazer. Depois desse dia passei a adotar isso para minha vida, e confesso que é muito bom viver dessa maneira.
Precisamos separar cada momento para dedicarmos um tempo para cada um, como por exemplo:

1º Deus  como e bom falar com Deus diariamente,
2º Eu  cuidar de nós, tem um momento todo nosso
3º esposa ou esposo dizer eu te amo,
4º familia abraçar muito os filhotes
5º trabalho pensar em algo que pode melhorar o seu dia a dia
6º igreja  estar em comunhão com a igreja e sempre que possivel estar presente
7º amigos um telefonema, um encontra, nunca deixar os amigos distante.
E por ai vai, tem tantas coisas legais que podemos fazer e a nossa vida fica bem melhor de viver.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Festa no colégio na semana do dia das crianças

Na semana do dia das crianças foi feita uma festa a fantasia, o Yuri não teve duvidas no momento de escolher a sua fantasia, ele pedia para ser o Buzz Litghyear, e foi todo feliz para a escola.



Na mesma semana eles fizeram um passeio para o parque de Itaipava, onde brincaram e fizeram piquinique.


texto do grupo de administradores: O perigo dos chefes egocêntricos

Recebi esse texto hoje e achei interessante e estou compartilhando com vocês que com certeza conhecem alguem assim.

"O perigo dos chefes egocêntricos


O que fazer se você trabalha com um chefe egocêntrico, arrogante ou com vaidade exacerbada? Como lidar com um chefe que rouba o crédito de sua ideia, reduz sua autoestima ou reprova seus projetos, negando a promoção para um novo cargo ou delegando para outros seu projeto mais sonhado?
Chefes inseguros e egocêntricos podem prejudicar os subordinados, principalmente os melhores talentos, envenenar o clima organizacional e comprometer os resultados da empresa. Em geral, executivos com esse perfil ofuscam o brilho dos profissionais mais talentosos porque, de forma maquiavélica ou mesmo inconsciente, enxergam neles uma grande ameaça a seu poder. Na vida real, as situações em que o ego e a vaidade das chefias se sobrepõem ao brilho dos melhores profissionais são muito comuns, mesmo na era em que a liderança, trabalho em equipe e retenção de talentos são palavras de ordem numa organização.
Maturidade emocional não é requisito para alguém se tornar chefe. Não é a regra, mas, muitas vezes, pessoas mais disciplinadas, dedicadas e inteligentes, ou aquelas que souberam conquistar posições graças à habilidade de lidar com a intrincada teia política da empresa, são exatamente aquelas que menos desenvolveram equilíbrio emocional ideal. Aliás, em algumas empresas, ser egocêntrico é quase um requisito para progredir na vida profissional.
Mas o que fazer se você trabalha com um chefe egocêntrico, arrogante ou com vaidade exacerbada? Como lidar com um chefe que rouba o crédito de sua ideia, reduz sua autoestima ou reprova seus projetos, negando a promoção para um novo cargo ou delegando para outros seu projeto mais sonhado?

Dou vários conselhos no meu livro "Erre Mais". Primeiro, não confronte um chefe inseguro em público; isso pode ser extremamente perigoso, pois aguça ainda mais a sua insegurança. Fale sobre suas ideias reservadamente com ele antes de discuti-las em público. Também é inteligente compartilhar o mérito de suas melhores ideias com ele – aí, sim, em público –, solicitando sua opinião. Agindo assim, você estará tornando-o um aliado, e não um inimigo. Pessoas inseguras e egocêntricas costumam se sentir muito sozinhas e podem, portanto, valorizar uma atitude aliada.
Um erro frequente é tentar conquistar esse tipo de executivo com elogios exagerados. Ele não é bobo e pode se sentir manipulado. E, muito importante, respeite a própria dignidade e não permita que ninguém o maltrate, nem em público nem a portas fechadas. Quando um chefe egocêntrico torna-se inconveniente ou desrespeitoso, fale com ele primeiro, mas, se necessário, procure outros aliados dentro da organização, até falando com o chefe do próprio chefe nas situações limite.

Um bom ambiente, liderado por um profissional que saiba conduzir com maestria sua equipe, é fator-chave para aumentar a coesão interna, garantir a retenção dos talentos e melhores índices de produtividade. De maneira geral, manter a linha de comunicação sem ruídos é um passo importante para o entendimento e a integração da equipe."
Relacionamentos em geral são complicados e ninguém tem a garantia de que encontrará, no próximo emprego, um chefe dos sonhos. Portanto, antes de se demitir por causa de um chefe inseguro ou egocêntrico, aposte suas fichas na melhora da comunicação e do relacionamento. Afinal, muitas vezes o emprego atual é a melhor oportunidade de crescimento de uma carreira.
Marcelo Mariaca - presidente do conselho de sócios da Mariaca e professor da Brazilian Business School."

Outubro ROSA



O mês de outubro além de ser muito especial para minha vida, é o mês do meu aniversário, tambem é o mês que meu filho nasceu, o mês que eu descobri o câncer e ainda o mês que se comemora o outubro rosa. Posso falar que de câncer entendo bem, pois tive esta doença porem não foi o de mama, como o de minha mãe, que teve este ano, mas ela já esta muito bem. Vem lidando bem com a perda da mama inteira, e os cabelos estão crescendo. No final do ano passado foi um periodo muito dificil para mim, estendendo até o inicio deste ano, imagina que era a minha mãe que cuidava do Yuri para eu poder trabalhar, mais Deus foi arrumando tudo, consegui a vaga do Yuri no colégio, algo que já havia decido que seria somente no ano de 2011, mas todos os acontecimentos nos levaram a matricular o Yuri mais cedo na escola, em um post anterior eu escrevia como foi dificil a adaptação do Yuri na escola, mais precisei ser firme com ele por todo o momento e hoje e legal ver como ele esta bem e ama a sua escola. Meu pai meu herói, me deu a maior força com o Yuri, ele que vinha aqui para casa as 05:30 da manhã para podermos irmos para o rio, pois antes era a minha mãe que fazia isso. Na verdade eu precisava ser forte para dar força para todo mundo aqui em casa, pois eu já havia passado pela doença, mais sabe de uma coisa, eu era mais forte quando foi comigo, até porque a situação da minha mãe era complicada demais não sabiamos se ela iria sobreviver. O mundo estava caindo sobre minha cabeça, mais muitos precisavam de mim, e outros não entendiam o momento, principalmente no meu antigo emprego, pois foi o tempo pior da minha vida profissional, infelizmente me deparei com uma pessoa que não se importava com familia, filhos e com nada, enfim uma pessoa pobre de coração e sentimentos que só me resta sentir pena por existir alguem no mundo. Esta pessoa começou a me pressionar de todos os lados para que eu desistisse, mas aguentei firme, não falei em casa o que estava acontecendo na epoca, pois já tinhamos problemas demais. Agradeço tanto as pessoas boas que nos ajudaram nessa etapa dificil, hoje vejo como é bom ter amigos nestas horas.
O que mais se aprende nestas horas é que o câncer tem cura, que tem que ser encarado de frente para vence-lo e que precisamos nessas horas de muitos muitos amigos para nos ajudar.
- Deus obrigado por ser o nosso principal amigo.


O que é o Outubro ROSA
"O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.
Com o crescimento da percepção da necessidade de divulgação o mês passou a ser mundialmente reconhecido e atualmente inúmeras cidades no Brasil promovem o mês em luta pela prevenção e detecção precoce do câncer de mama.
Em Petrópolis o Outubro Rosa é uma realização da APPO – Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos, do CTO – Centro Terapia Oncológica e do Grupo Realizar que conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Petrópolis, do Conselho de Ministros Evangélicos de Petrópolis e da Catedral São Pedro de Alcântara e tem como parceiros a Unimed Petrópolis, LIBBS Oncologia, Over, Bayer, Bramil Supermercados, Eurofarma, Euromed, Paclimed – Produtos Oncológicos, NC Produtos Hospitalares, 2M Prestações de Serviços, Sandoz, JIT Distribuidora e Comunicação Livre.
De acordo com Ana Cristina Coelho Mattos, presidente da APPO, a principal meta do Outubro Rosa é conscientizar a população e dar visibilidade as informações claras e precisas sobre a importância da prevenção e da detecção precoce do câncer de mama, para que menos mulheres morram dessa doença."

cidade de Tiradentes

O Dionisio tirou alguns dias de férias agora em outubro, na verdade por minha culpa, estavamos programados para tirarmos as férias no inicio de dezembro junto com as férias escolares do Yuri, mas quando ainda estava trabalhando fui obrigada a trocar as minhas férias e o Dionisio trocou as dele também, porem depois que me desliguei do trabalho, o Dionisio não teve como trocar novamente, então decidimos fazer um passeio curtinho para o Yuri não perder muitos dias de aula. O lugar escolhido foi Tirandentes, pois ainda não conheciamos esta cidade historica em Minas Gerais, pesquisamos algumas pousadas pela internet, porem preferimos chegar na cidade e olhar diretamente estas pousadas, foi uma semana que não tinha movimento na cidade. Logo que entramos na estrada uma placa chamou a atenção "Hotel Cabana do Rei especial para crianças" essa frase especial para crianças foi o ponto principal para conhecermos o lugar, pois quem tem criança, sabe que não tem como ficar em qualquer hotel, pois se não o passeio vira um aborrecimento, então partimos para o lugar que fica na verdade em São João Del Rei. E quando chegamos no lugar, o Dionisio conheceu os quartos e decidimos ficar, a ainda mais que era pensão completa e não iriamos ter a preocupação de procurar lugar para dar almoço e demais refeições para o Yuri.
A piscina térmica, um dos atrativos do hotel estava ótima, pois um dia havia caido um temporal, porem mesmo assim o Yuri pode aproveitar bem, os funcionários deste hotel são muito anteciosos, foi muito bom, e acabamos conhecendo duas cidades Tiradentes e São João Del Rei.


Tiradentes

Infelizmente o passeio de trem "Maria Fumaça" não conseguimos fazer, pois estava reservado para os estudantes da rede publica da cidade. Mas com certeza lá voltaremos e registraremos este passeio nesta locomotiva centenária.




São João Del Rei



Museu Imperial de Petrópolis e Yuri

Vivemos em uma cidade linda!!!! Respiramos história pelas ruas, como o Yuri esta com 3 anos e agora entende melhor as coisas, passeamos com ele em alguns pontos turisticos da cidade, o primeiro escolhido foi o museu, eu fiquei um pouco preocupada por ele sair correndo pelos corredores, mais ate que se comportou bem. A manhã de domingo estava linda e quando entramos nos jardins havia uma apresentação de tambores da cultura Japonesa, muito legal, o Yuri adorou, logo em seguida entramos no museu, mas para quem não conhece, temos que utilizar uns chinelos especiais, mais o Yuri pode ir sem. Os olhos dele não paravam em nenhum momento, observando tudo, havia muitos turistas, quando do nada em uma sala que havia um foto bem grande de Dom Pedro, Yuri fala bem alto, olha mãe e o João Pedro, os turistas não aguentaram e morreram de rir, eu não sei de onde ele tirou isso, mais foi repetindo pelo museu. Quando chegamos na sala da coroa, ele ficou encantado e nas salas seguintes queria sentar nos sofás, fora o berço que ele achou uma graça.


Museu Imperial


O Palácio em estilo neoclássico foi construído entre 1845 e 1854 para ser a residência de verão de Dom Pedro II. A luxuosa instalação abriga cetro, manto e coroa do imperador, além de mobiliário, louças, jóias, instrumentos musicais e quadros, entre eles inúmeros retratos de Dom Pedro II. Em um anexo onde ficava a antiga senzala (os poucos escravos do palácio eram assalariados), estão expostas carruagens e liteiras. Possui ainda um dos mais importantes arquivos históricos do Brasil, com documentos, gravuras, mapas e fotografias. O jardim tem cerca de 100 espécies de plantas e árvores.




Jardins do Museu Imperial


Além de todas as atrações que o Museu Imperial de Petrópolis oferece, existe um recanto muito especial que não pode deixar de ser visitado. ë o Jardim.

Nele o visitante desfruta de ar puro, tranquilidade, banquinhos para ler e passar momentos de paz e relaxamento.
Existem também várias estátuas em mármore, uma estátua de D. Pedro no centro do jardins, uma fonte e um pequeno lago.
Árvres centenárias. coqueiros, ciprestes lusitanos, várias espécies de plantas convidam o visitante a desfrutar de momentos muito especiais.
O clima é de total inegração com a natureza e o cantar dos pássaros nos faz viajar por épocas longínquas onde quem sabe tinham pessoas vestidas em seus trajes de época, trocando confidências e memórias.
Um diferencial, é que todas as manhãs de segunda a sexta-feira temos aulas de tai-chi-chuan que começam a partir das 07:30h e vão até às 08:30h.
Às segundas-feiras exitem grupos de melhor idade que caminham nos jardins. Os grupos que fazem caminhada, chegam por volta das 07:00h.
O Horário de funcionamento do Museu imperial é de terça a domingo de 11:00h às 18:00h
O morador de Petrópolis pode visitar Museu Imperial no último domingo de cada mês gratuitamente. Para isto, o morador deve se dirigir ao local onde são vendidos os convites e apresentado um comprovante de residência ele terá direito à uma visita gratuita.

http://www.museuimperial.gov.br/portal/

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Simplesmente Yuri

Essa foto foi tirada na escola, resolvemos com a outras mães fazer um presente especial para a tia Alessandra um cubo de acrilico com o rostinho de cada criança, fizemo dois cubos um com a meninas e outro com os meninos. E essa foi a foto do Yuri, agora um rapaz como diz ele. Esses dias ele acordou  veio para a minha cama como sempre faz, deitou  passou a mão no meu rosto e disse "mamãe você sabia que foi Deus que formou você e eu também" muito lindo esse meu rapaz!!!!!


terça-feira, 12 de outubro de 2010

dia 09 de outubro o meu aniversário

Então como contei no post anterior adoro comemorar aniversário, desde que o Yuri nasceu, comemoramos mês a mês com temas e um cardápio especial com a presença de alguns amigos. Aniversário é celebrar a vida que Deus nos deu, eu sempre fiz isso e depois da doença isso aumentou, pois retornei a viver e ainda mais que Deus me deu uma nova vida da cuidar, que é a do Yuri, que também adora festas. Esse ano o dia do meu aniversário foi muito chuvoso, mais quem tem amigos não fica sozinho, então alguns destes amigos apareceram aqui em casa para comemorarmos e foi muito legal.
Fazendo um balanço de 1 ano deu para ver quantas coisas aconteceram, algumas boas outras ruins, mais tudo com o  cuidado de Deus, mudanças importantes na minha vida que me fizeram repensar muito. Por mais que eu tenha vivido experiências negativas com o "Ser Humano" em que muitas vezes tem atitudes egoístas para conseguir o que quer na vida eu ainda acredito nas pessoas, sei que tem muita gente legal por ai,  verdadeira e justa, isso eu falo no meio profissional. Quando eu sai do meu emprego, uma das coisas que foi dita na epoca era que um cliente havia reclamado muito e isso seria um dos motivos, fiquei pensando sempre, pois me dava bem com esta pessoa. procurava ajuda-lo sempre, mais tudo bem. Com a minha experiência com Deus, comecei a falar com Ele o que teria acontecido com essa pessoa para fazer isso, e ai depois que 1 mês que eu estava em casa me preparando para pegar o Yuri no colégio o telefone de casa toca, ele do outro lado uma voz masculina perguntando se era a Aline Ramos, ele logo se identificou e para minha surpresa era o mesmo cliente que o antigo chefe havia dito que tinha pedido minha demissão, eu não falei nada sobre o assunto claro, pois acima de tudo sou ética, na hora percebi a resposta de Deus, notei que na verdade se tratava de uma mentira e a antiga chefe havia usado o nome dele para atingir o seu objetivo que era eu longe da empresa, pois eu não concordava com as coisas erradas que ela fazia e eram muitas, voltando a ligação ele me disse que estava preocupado comigo e que foi procurar na lista telefónica o meu telefone, já que ele sabia a cidade que eu morava e acabou encontrando, ele queria saber se poderia me ajudar de alguma forma e se eu queria retornar ao mercado de trabalho. Fiquei muito feliz com a ligação e senti o cuidado de Deus comigo, pois sempre procuro ser verdadeira e honesta, ensino isso para o meu filho o tempo todo. Isso foi uma das coisas que aprendi esse ano, amadureci com certeza em varias áreas da minha vida e só tenho a agradecer a Deus por mais um ano. Agora com 35 anos, mais não trocaria nada que passei, pois tudo contribui para alcançarmos os sonhos que Deus tem para nossas vidas.
E fica aqui a lição que "Mentira tem perna curta" mas a verdade sempre prevalece.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dia 02 de outubro aniversário do Yuri

Esse dia e inesquecivel para mim, foi o dia que realizei um grande sonho de ser mãe. Ontem estava conversando com um amigo e pensei como Deus foi bom na minha vida o meu aniversário também é no mês de outubro dia 09 e sempre gostei muito de comemorar de reunir os amigos em nossa casa, porem no ano que eu fiquei doente eu ainda não sabia da doença porem não senti vontade de comemorar ficamos somente eu e o Dionisio e logo depois de 15 dias eu tinha um diagnostico que mudaria a minha vida e o mês de outubro se tornou triste, pois nos outros anos eu lembrava daquele dia tão terrivel. Porém Deus é tão tremendo que fez que o mês se tornasse feliz novamente e com muitos motivos de comemorar. Me deu o meu filho lindo que adora reunir os amigos e fica muito feliz em comemorar o aniversário. Então esse anos tivemos duas comemorações, uma na escola com os seus amigos o tema escolhido foi toy story e o da familia e alguns amigos o Cars.

Todos os dias eu acordo e falo para o Yuri "eu te amo" e ele aprendeu e fala sou eu mamãe que te amos mais muito mais. Hoje ele falou pela manhã "eu te amo muito mamãe feliz". Ele me surpreende a cada dia com as palavras, com o carinho e como ele sente o que eu sinto.

                                          Festa na escola

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

o processo de tirar as fraldas

Quando eu trabalhava o Yuri ficava com o meu pai e minha mãe, e o processo de tirar as fraldas não estava tão facil, o Yuri entrou esse ano para a  escola e então no inicio fomos aconselhados a não tirar ele das fraldas no momento pois a adaptação estava sendo muito dificil, então fui devagar, procurei não comparar o Yuri com outras crianças que já tinham saido das fraldas com 2 anos, o pediatra dele mesmo disse que cada criança tem um amadurecimento, como comecei a ficar em casa com o Yuri e assumi a tarefa junto com a escola de tirar as fraldas. percebi que é dificil !!! Mais estamos caminhando bem, ja tenho coragem de sair com ele de cueca e ficar horas na rua, claro que toda hora levando no banheiro, mais as vezes acontece, algumas por preguiça dele de sair da frente da televisão, em uma dessas vezes ele pediu para limpar o que tinha feito e ai registrei o momento. O numero 2 é pior ainda, ele não tem noção quando precisa ir e ai acaba acontecendo, ai a mamãe tem que lavar as cuecas, mais tudo bem faz parte. Esses dias registrei esse momento tambem, criei um ambiente para ele ir antes que acontecesse o pior, o Dionisio comprou um redutor para o vaso sanitário muito legal do Cars e o Yuri de inicio achou que era um brinquedo e agora ja sabe para que serve.



algumas coisas que fizemos em julho

Olimpiadas IMEP 

O dia não ajudou muito foi marcada para um sabado as 18h00m o Yuri não dormiu durante o dia, bem que tentei, mais não adiantou, então na hora da apresentação ele estava cansado e não queria saber da roupa, mais o jeito foi entrar com ele no colo e no meio da apresentação mesmo com o barulho todo, o menino dormiu, e fiquei com o pinguim no colo.








Ultimo dia de aula

Foi solicitado uma roupa de dormir e pantufas, para eles entrarem no clima do projeto " Eu e minhas historias", as tias fizeram um travesseiro lindo e uma camisa com um tema de historia e assim eles se despediram.



O que fazer nas férias

Fiquei pensando com a agitação toda do Yuri como seria ficar com ele em casa, mais logo resolvemos uma parte das férias era ficar alguns dias na região dos lagos, já que o Dionisio tirou uns dias de férias, e foi ótimo, o Yuri aproveitou muito.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Projeto da escola "Eu e muitas histórias"

Então esta acontecendo na escola do Yuri esse mês o projeto "Eu e muitas histórias", onde nos mamães somos convidadas pela tia com um dia marcado para contarmos um história. Eu acabei sendo a primeira mãe a passar pela experiência, foi terça-feira dia 06/07 na entrada da turminha do maternal. A história é escolhida pela mamãe, então me preparando na semana anterior, resolvi levar uma história de um livrinho que comprei e adaptei para o Yuri com a ilustração do significado do arco iris, onde eu e o Yuri pintamos o ceu em folha com giz de cera e colamos figuras em EVA como o sol, as nuves e por fim o arco iris. A histório e do urso memel, e como tinha uma luvinha de ursinho levei e foi muito legal pois a turminha curtiu muito e no final deram abraços na luvinha. Antes de iniciar a oração as crianças cantaram umas três musicas e o Yuri fez a oração e seus amiguinhos repetiram, muito lindo essa parte ver os pequeninos falando com tanta intimidade com Deus, na sua oração houve uma parte muito engraçada ele agradecendo a Deus pelo o papai que ira compra o boneco Buzz Lightyear do filme toy story que e a sua paixão, ele ate tem um boneco mais ele não fala e agora ele quer o que fala, mais legal ele já esta aprendendo a quem realmente devemos pedir tudo.

Amei a experiencia de estar lá com as crianças o Yuri ficou muito feliz e acabou me ajudando a contar a história.






A Debora mamãe da Eduarda também esteve lá contando um história bem legal para a turminha.



terça-feira, 6 de julho de 2010

Toy Story 3

Dessa vez foi muito mais facil que a primeira vez, que ele foi ver Cocorico, o filme era curto porem ele não conseguiu ficar ate o final e não prestava atenção. No Toy Story 3 ele ficou muito tranquilo dentro do cinema, ele não tirava os olhinhos da tela.




Feliz aniversário papai Dionisio

Dia 01/07 foi o aniversário do Dionisio, ele estava viajando a trabalho e chegou na parte da tarde, e o Yuri disse que precisa fazer um bolo para o papai e assim fizemos um bolinho para a felicidade do Yuri que no final dizia que era o seu aniversário.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Meu pequeno cozinheiro

Como tenho ficado com o Yuri em casa, estou procurando envolve-lo em algumas atividades da casa e ele acha um barato e adora, na verdade se sente importante. Uma das coisas que temos feito e a comida, e ele acha que depois fez tudo sozinho e come muito bem, dizendo que o papa do Yuri esta uma delicia.