terça-feira, 30 de novembro de 2010

O Palácio Quitandinha é um palácio brasileiro. Está Localizado em Petrópolis



Um domingo destes, eu e Yuri aguardamos Aline fazer uma prova, aproveitamos para dar uma volta no hotel quitandinha, que agora é de propriedade do Sesc - RJ, esta construção histórica, localizada na entrada da cidade, desponta como um dos pontos que merecem ser visitados, nós brasileiros não damos valor ao que temos, muitas vezes preferimos viajar para fora do pais e conhecer museus que contam a historia daquela região, daquele pais que estamos visitando, devemos sim desbravar estes lugares para aumentar nossa cultura, mas antes de tudo devemos conhecer nossa cultura e nossa história, nossa gente.


Construído em 1944 por Joaquim Rolla, para ser o maior cassino hotel da América Latina, foi construído em estilo rococó hollywoodiano (internamente) e normando-francês (externamente), este último bastante presente na arquitetura de Petrópolis devido à colonização alemã.

Interior do Quitandinha.Possui 50 mil metros quadrados e seis andares, divididos em 440 apartamentos e 13 grandes salões com até 10 metros de altura. A cúpula do Salão Mauá é a segunda maior cúpula do mundo possuindo 30m de altura e 50m de diâmetro.
Em sua construção foi usada uma grande quantidade de areia da praia do Submundo. O lago em toda a extensão de sua imponente fachada possui o formato do mapa do Brasil e foi construído como único suporte viável no caso de um inesperado incêndio.
Passaram por seus salões estrelas do porte de Errol Flynn, Orson Welles, Lana Turner, Henry Fonda, Maurice Chevalier, Greta Garbo, Carmen Miranda,Walt Disney, Bing Crosby e até um rei destronado (Carol II da Romênia). E políticos como Getúlio Vargas e Evita Perón, quando da Conferência Interamericana de 1946. Nas suas dependências ocorreu a assinatura da declaração de guerra dos países americanos ao Potências do Eixo, durante a Segunda Guerra Mundial. Realizou-se também, em 1957, a 16ª Conferência Mundial de Bandeirantes, que contou com representantes de 23 países Associados à WAGGGS (Word Association of Girl Guides and Girl Scouts).
Em 30 de maio de 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra decretou a proibição do jogo no Brasil e o Quitandinha não conseguiu sobreviver apenas como hotel por muito tempo.
Seus apartamentos foram vendidos por Joaquim Rolla a partir de 1963, fazendo ali um dos maiores clubes do mundo, que lucrou muito com o aumento da economia brasileira nos anos 70 , embora não tenha conseguido se manter por vender muitos títulos de sócios remido(sócios fixos sem pagar mensalidade) e assim perdeu o lucro que ganhava mensalmente.
Outro fato que agravou o clube foi o surgimento da inflação no Brasil e do aumento dos turistas no litoral fluminense (Cabo Frio, Búzios), o que diminuiu ainda mais o número de sócios pagantes.
Com os fatos citados o clube não se manteve, pelo alto custo do então clube mais caro da América Latina(quase 100% frequentado por cariocas).
A parte social é utilizada para congressos, eventos, shows, feiras e outras opções de lazer. O Palácio tem o maior teatro e patinação no gelo(em reforma) da América Latina. Há um restaurante diariamente aberto ao público.
Restaurante.O boliche do condomínio tercerizado pelo SESC está em reforma assim como toda a parte de entretenimento.
O Palacio Quintandinha ainda é conhecido como o maior e mais legítimo palácio do Brasil e um dos maiores da América Latina.

Postado por Dionisio

Nenhum comentário: