sábado, 18 de junho de 2011

‘A Bela e a Fera’ chega a Petrópolis e promete encantar crianças e adultos

Sábado dia 18 fomos ao theatro Petrópolis, assistir a peça A Bela e a Fera, o Yuri no inicio ficou com medo, da fera é claro, que é meio assustadora, mas no meio da peça ele estava mais tranquilo, pois os atores encenam também no meio da platéia, interagindo com os espectadores, Matheus colega de escola sentou do lado, e nem combinamos.

Numa sociedade onde os valores estão extintos em nossas crianças, o projeto A Bela e a Fera tenta resgatar nos adultos e ensinar as crianças, que é o público alvo, o verdadeiro sentido de tais valores.
 
                                                                           Os Atores.
 
 
                                                Aline e Yuri, Élida com Matheus e Aninha.


                                     Yuri com o Ator Principal já transformado em principe.

Em um cenário de castelo, feitiços, príncipe disfarçado e muita emoção, a peça infantil, se passa no século XVIII, mostra valores de sentimentos onde o amor e a amizade prevalecem perante a inveja e a incompreensão. O espetáculo, é uma realização do Petrópolis em Cena Produções dentro do trabalho de formação de plateia.


Em uma pequena aldeia da França vive Bela, uma jovem inteligente que é considerada estranha pelos moradores da localidade, e seu pai, Maurice, um inventor que é visto como um louco. Ela é cortejada por Gaston, que quer casar com ela. Mas apesar de todas as jovens do lugarejo o acharem um homem bonito, Bela não o suporta, pois vê nele uma pessoa primitiva e convencida. Quando o pai de Bela vai para uma feira demonstrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba se tornando prisioneiro da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela.

Quando Bela sente que algo aconteceu ao seu pai vai à sua procura. Ela chega ao castelo e lá faz um acordo com a Fera: se seu pai fosse libertado ela ficaria no castelo para sempre. A Fera concorda e todos os “moradores” do castelo, que lá vivem e também foram transformados em objetos falantes, sentem que esta pode ser a chance do feitiço ser quebrado. Mas isto só acontecerá se a Fera amar alguém e esta pessoa retribuir o seu amor, sendo que isto tem de ser rápido, pois quando a última pétala de uma rosa encantada cair, o feitiço não poderá ser mais desfeito.



Postado por Dionisio

2 comentários:

Mãe Mochileira, Filho Malinha.. disse...

Oiii! ah,eu sou encantada pela historia da Bela e a Fera,queria mt ver esses espetaculo,deve ser lindo!!!:-)
Olha,sobre as perguntas no blog,a cadeira tenho certeza que sim,é mt util e vale a pena sim,vcs vão adorar!!!E sobre dicas de Curitiba eu infelizmente não conheço a região ainda..pena,gostari mt de poder ajudar.. :-(
Bem,se vc for pra la e depis quiser partilhar a experiencia conosco e nos dar dicas,prometo que publico suas dicas com sua autoria com o maior prazer e carinho!!!Beijos e uma otima semana!!!
:-D

Caiky Maia disse...

Olá Aline,
Fico feliz em saber que você gosttou do espetáculo!
Sou Caiky Maia e faço parte da equipe,faço o Lefou(amigo do Gaston) e tb sou ass de direção e produção!
Conto com sua ajuda para divulgar na escola do Yuri que estaremos ae em Petropolis dia 10 de agosto com a Bela e a Fera como projeto escola!
E deixo aqui o nosso site para que possamos manter contato e para vc saber sobre a nossa agenda!www.matinsfrancoproducoes.xpg.com.br
Deixo tb meu facebook e email caso queira alguma informação mais detalhada :caikymaia@hotmail.com FaceBook :Caiky Maia !
Mais uma vez obrigado pela força! bjs a todos de petropolis!
Caiky Maia*** LEFOUUU