quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

semana do lar

Bom como havia comentado antes, minha mãe precisou fazer uma cirurgia para retirar a mama devido a um câncer e como e ela que fica com o Yuri minha vida virou der repente, como fazer com o meu pequeno, pois trabalho em outra cidade ele esta acostumado a ficar com os meus pais, dando uma olhadinha no site da empresa verifiquei que havia como eu ficar o período que a minha mãe estava no hospital em casa, então fiz isso pequei todos os papeis do hospital e apresentei na empresa. A cirurgia correu tudo bem, foi realizada no dia 07/12, e na medida do possível ela esta bem.


A um tempo precisava ficar em casa e senti como seria, pois eu trabalho desde cedo e somente fiquei em casa durante o período de licença maternidade e não senti tanto a rotina da casa, pois estava toda empolgada com o nascimento do Yuri que queria curtir tudo, quando retornei da licença sentia muita falta do meu filho de estar com ele saber o que ele estava fazendo e como moro longe demoro muito a chegar em casa então ficava nervosa para chegar logo. Esse tempo que eu tive agora em casa foi muito bom apesar de ter ocorrido por um motivo muito ruim, ficamos eu e o Yuri a semana toda, ficar com ele e muito legal, mais não estou preparada para as rotinas da casa em si, ainda mais eu que gosto de tudo arrumado, conclusão trabalho mais em casa do que no trabalho e no final do dia exausta e com o sentimento que não havia feito nada e no dia seguinte as mesmas coisas para fazer. Hoje trabalhando fora e como o Yuri não fica na nossa casa, consigo manter a casa tranqüila do jeito que eu gosto então me dei conta que não nasci para ser do lar, admiro muito quem gosta e se sente feliz, mais eu não me senti realizada com essa rotina. O meu filho acordava e perguntava vovô? vovó? Oi mamãe, no segundo dia a mesma coisa e terceiro ele me perguntou se eu não iria trabalhar falei com ele que iria ficar em casa uns dias, ele me disse então ta, fica comigo não ganha mais tutu não, adorei ele falar isso achei muito engraçado, mais a minha realidade e outra e estou feliz assim pelo menos nesse momento. Quem sabe um dia ?

Nenhum comentário: